keeping the vibe

> 10 DE MAR 2020

O festival chegou ao Brasil em 2012 e desde 2014 acontece no Autódromo de Interlagos em uma área de 600 mil metros quadrados, onde as apresentações acontecem em quatro palcos simultâneos. Desde 2014 o Lollapalooza Brasil é um evento neutro em carbono. A neutralização das emissões aconteceu a partir da alocação definitiva de créditos de carbono originados em um projeto ambiental certificado pela ONU. Em 2018, o Lollapalooza Brasil, com três dias e público recorde gerou um impacto de mais de R$ 152 milhões na economia da cidade de São Paulo, com gastos em hospedagem, alimentação, transporte e lazer, de acordo com levantamento inédito da Prefeitura. Em 2019, o evento reuniu mais de 246 mil pessoas no Autódromo de Interlagos e mais de 4,5 milhões de pessoas acompanharam as 67 atrações pela televisão. O Lollapalooza Brasil é o maior festival de música de São Paulo e o segundo maior do Brasil. E confirma sua tendência de, a cada ano, trazer novas e inesquecíveis experiências para o público e oportunidades valiosas para suas marcas parcerias.

 

A gente destaca algumas das atrações de música eletrônica que estarão no festival. Confira abaixo nossa listinha.

 

87373480_2950678448308323_7839562212925505536_o

Martin Garrix ascendeu ao posto de estrela mundial do pop e do eletrônico – e está longe de estar satisfeito. O talento da dance music é headliner de festivais ao redor do mundo, fundou a gravadora STMPD RCRDS, apoiou outros artistas e alcançou a posição #1 no ranking DJ Mag’s Top 100 três vezes seguidas. Sua paixão, motivação e ambição seguem incomparáveis no mundo.

Desde o sucesso de ‘Animals’ em 2013, todo ano tem sido uma marca na escala nos rankings da dance music, conquistando espaços ao redor do mundo e com lançamentos bombásticos. Garrix produziu Dua Lipa, Khalid e Bebe Rexha, entre outros. Além disso, é residente em dois dos mais prestigiados clubes do mundo: Ushuaïa Ibiza e Omnia Las Vegas. Em 2019, lançou ‘No Sleep’ e o hit do verão ‘Summer Days’ com Macklemore e Patrick Stump do Fall Out Boy. Em apenas seis anos, Martin Garrix conquistou o que muitos apenas sonhariam.

 

 

86294628_10157017550153316_5108891653318377472_o

Um dos maiores nomes da história da música eletrônica também se apresenta no Lolla – Armin van Buuren. “Este é um homem movido por uma paixão desenfreada e implacável pela música. Armin van Buuren é um perfeccionista nato, que se esforça para permanecer no topo da cena que ajudou a construir. Como porta-bandeira do movimento trance, ele é uma das figuras mais influentes da EDM no mundo. Mesmo tendo uma vida extraordinária como um dos DJs mais populares do mundo, ele sempre foi um cara pé no chão. Armin van Buuren está constantemente em movimento, seja criando músicas em seu estúdio ou à caminho de seu próximo show em um clube ou festival em todo o mundo.
Armin: “Não é apenas amor pela música, é minha paixão. Vai além do gosto e além de um hobby. É sobre uma maneira de viver. A música é essencial para a minha vida”.

Por mais de vinte anos, o holandês indicado ao Grammy vive no ritmo de seu próprio sucesso internacional. Sua posição número cinco na pesquisa aclamada pela crítica DJ Mag Top 100 DJs foi o resultado de sua lealdade aos fãs, sua criatividade no estúdio, e à perseverança com a qual ele trabalha em programa semanal de rádio ‘A State of Trance’, e à energia que ele traz para as multidões à sua frente. Apesar da forte pressão de ser um dos DJs mais populares do mundo, Armin sempre manteve seu foco na música. E é exatamente isso que o mantém indo.

 

 

83699244_4069761246382941_8314309816013029376_o

DJ, cantora e produtora dinamarquesa e egípcia, Ashibah tomou a América do Sul e começou a deixar sua marca na cena eletrônica mundial. Já lotou pistas na Rússia, Egito, Espanha, Alemanha, Romênia outros países com seu show dinâmico, em que capta a audiência com seus sets de deep / tech house com vocais ao vivo. Já se apresentou ao lado de nomes como Sonny Fodera, Kolombo, Sharam Jay, Nora En Pure, Lee Foss e muitos outros.

Sua primeira grande colaboração foi em 2013 com o artista Kolombo que utilizou os vocais de Ashibah no remix “”Wade In The Water””, que foi parar em todos os grandes charts naquele verão. Sua grande virada no Brasil foi em sua colaboração com Vintage Culture, Circles. A partir desse momento suas turnês de verão e inverno se tornaram cada vez maiores. Ao longo dos anos, Ashibah realizou colaborações com artistas como Purple Disco Machine, Robosonic, Sharam Jey, Jean Bacarreza e lançou faixas na Keno Records, Loulou Records, Bunny Tiger, entre outras. Em 2018, lançou a colaboração “”She Knows”” com o duo brasileiro Mumbaata na gravadora berlinense Get Physical.

 

chemical-surf-2df1d7d0

Chemical Surf é formado por Lucas e Hugo Sanches, irmãos que dedicam sua vida à música. Com mais de 10 anos de carreira, eles somam quase 1.5 milhões de ouvintes mensais no Spotify, além de mais de 100 milhões de execuções em plataformas de streaming, distribuídos em hits como “Hey Hey Hey”, “Rockstar” e “I Wanna Do”.

Sempre carregando o lema “R.I.P Genres” e não se prendendo a um gênero específico, o duo se tornou um dos destaques da música eletrônica brasileira, sendo headliners dos principais festivais do país, como o Só Track Boa Festival, e representando toda uma geração de produtores nacionais. Com muita sensibilidade e background musical, o Chemical Surf se tornou um dos maiores hitmakers de pista no país e continua quebrando barreiras a cada lançamento.

 

Confira o lineup completo em www.lollapaloozabr.com


LOLLAPALOOZA BRASIL 2020
Datas: 3, 4 e 5 de abril de 2020
Local: Autódromo de Interlagos – Avenida Senador Teotônio Vilela, 261 — Interlagos — São Paulo — SP

Categoria(s):

drops

VEJA TAMBÉM:

As festas terão outra cara: Um guia para reabertura de eventos pós pandemia

Ainda não se sabe quando festas, eventos, shows, baladas e reuniões públicas serão retomadas após a  pandemia global do COVID-19 . Mas um relatório do setor agora prevê [...]

O Instagram pode adotar a "regra dos 90 segundos" nas lives com DJsets

Enquanto todos nós estamos aqui tentando recuperar um senso de normalidade, não há nada mais chato do que aquela live com um set daquele DJ bacana ser sabotada devido aos [...]

Ame Club e Laroc Club participam de projeto beneficente “Line do Bem”

O projeto “Line do Bem” nasceu da preocupação em atender uma demanda social que, em virtude do COVID-19 e dos diversos eventos adiados e cancelados, ficaram sem emprego. [...]
COMPARTILHAR > COMENTAR >

CONFIRA TAMBÉM...