Vintage Is a Festival 2023: Uma Noite Épica na História da Música Eletrônica no Brasil

No último sábado (09/12), o Vintage Is a Festival encerrou suas edições de 2023 em São Paulo, marcando de forma inesquecível a história dos festivais de música eletrônica no Brasil. Com um público de 20 mil pessoas na Arena de Eventos Marginal Pinheiros, o festival, organizado por um homem só, destacou-se pelos três palcos e um sistema de som imponente, surpreendendo a todos com o maior show de drones da América do Sul.

O Céu Ganha Vida com 600 Drones: Uma Homenagem a Vintage Culture

Num céu sem nuvens, 600 drones pintaram imagens vívidas relacionadas ao universo de Vintage Culture, incluindo seu rosto e o de seu cachorro, Bento Ruiz, além de exibir seu nome de forma majestosa. Uma experiência visual única que encantou o público presente.

Vintage Culture Ilumina o Mainstage com um Espetáculo Deslumbrante

Doozie iniciou o aquecimento, preparando o terreno para Vintage Culture, que dominou o Mainstage com um espetáculo envolvente. Fogos de artifício, lasers e pirotecnia se uniram a visuais impactantes em um painel de LED de 700 metros, proporcionando uma experiência audiovisual imersiva e tecnológica. O palco de 62 metros de comprimento e 19 metros de altura entregou uma cenografia e efeitos especiais de tirar o fôlego.

Palco Classics: Uma Jornada Nostálgica pelo Repertório de Vintage Culture

No palco Classics, com seus 200 metros de painel de LED e 20 metros de altura, Vintage Culture revisitou os hinos de sua carreira, oferecendo uma experiência nostálgica. O local resgatou os sucessos da discografia clássica do artista, relembrando seus dez anos de trajetória.

Art Car: O Encerramento no Estilo Burning Man

O festival chegou ao fim no Art Car, um carro alegórico inspirado no Burning Man. Neste espaço, Vintage Culture testou novos sons e experimentou descobertas musicais, refletindo uma pesquisa musical apurada. A curadoria de Lukas Ruiz, o cérebro por trás do projeto, recebeu elogios do público que permaneceu até o final, mesmo sob o sol.

Perrengues: Desafios para os próximos festivais

  1. Longas Filas na Entrada:
    O festival enfrentou críticas devido a filas de mais até duas horas para entrar, frustrando parte do público ansioso.
  2. Sinalização Insuficiente:
    A falta de sinalização causou confusão tanto na entrada quanto dentro do festival, deixando os participantes perdidos.
  3. Atraso na Programação:
    Contrariando a divulgação, Vintage Culture iniciou sua performance próximo da meia-noite, decepcionando aqueles que esperavam o show às 22h.
  4. Desafios nos Banheiros:
    A concentração de banheiros em um único local levou a filas demoradas, chegando a 20 minutos, e em determinado horário, alguns banheiros estavam impraticáveis devido à falta de higiene.
  5. Distância dos Bares:
    Os bares do festival foram criticados por sua localização distante, dificultando o acesso aos serviços e gerando insatisfação entre os participantes.
  6. Escassez de Lockers: No início do festival, a oferta limitada de lockers, uma meia dúzia para ser mais exato, rapidamente esgotou. Essa escassez causou transtornos para muitos participantes, que se viram impossibilitados de guardar seus pertences de maneira segura, acrescentando mais uma complicação à experiência do festival.

Embora o festival tenha enfrentado desafios, a grandiosidade do Vintage Is a Festival 2023 e a qualidade das apresentações de Vintage Culture permanecem marcantes. A inovação do show de drones e a atmosfera única em cada palco adicionaram uma dimensão especial à experiência.

O Vintage Is a Festival 2023 deixa uma marca na história dos festivais de música eletrônica no Brasil.