Valentina Luz: 2023 foi Dela – Uma Explosão de Luz na Cena

2023, o ano foi dela!
De lá do interior do Paraná, Valentina Luz, aos 23 anos, desembarcou em São Paulo há cinco para perseguir seu sonho de ser modelo. Hoje, além de brilhar nas passarelas, destaca-se como performer e DJ nas festas de música eletrônica, com residência na Mamba Negra.

Valentina, ex-bailarina clássica, atleta e integrante de uma banda de fanfarra, mergulhou nas raves desde sua cidade natal. Inspirada por Naomi Campbell, aos 19, participou do São Paulo Fashion Week. Destacou-se nas festas Mamba Negra, Odd e no festival Dekmantel Tomorrowland, e muitos outros.

Como ativista, Valentina, mulher trans negra, enfrentou preconceitos desde a infância. Integrante da Coletividade Namíbia, luta contra a transfobia.

Dançarina, modelo, performer e DJ, em 2023, Valentina Luz brilhou no retorno do Tomorrowland Brasil em São Paulo, no Rio de Janeiro assumiu a pista após Carl Cox, tocou na festa Club Renaissance com a presença de Beyoncé em Salvador* e ela não planeja parar. Em uma explosão de conquistas, Valentina Luz revela ao PLUGtronic.com os momentos mágicos de 2023, desafios superados e surpresas a caminho em 2024.

1 – 2023 foi um ano muito imagético as mulheres: contamos pela primeira vez com uma mulher entre os 10 melhores do planeta (Peggy Gou), além de Charlotte de Witte como #1 no techno, você teve gigs memoráveis. Se tivesse que resumir o ano em uma palavra, qual seria e porque da sua escolha?
 

Mágico, por tudo que eu pude viver nesse ano, principalmente por ter tido a minha primeira experiência no exterior e hoje já fui para minha 5ª Euro tour. Eu não tenho palavras pra descrever tudo que vivi.

2 – Você participou dos eventos mais hypes da cena no ano: Time Warp BR, Lollapalooza BR, DGTL AMSTERDAM, além de apresentações inesquecíveis no Hiibiza (club #1 do planeta), um back2back “trending topic” com Eli Iwasa no Tomorrowland BR, e claro, estar no line up com a lenda Carl Cox. Consegue separar um momento que marcou muito enquanto estava em 2023? Quais foram as sensações/ sentimentos traduzindo em palavras? 

Acho que foi Timewarp Brazil e Boma warm up para Honey Dijon.
Foi um sentimento de conquista pessoal e profissional. 


3- Apesar de jovem na idade, você conta com uma presença enérgica no palco, em que combina uma estética polida, técnica, repertório único e personalidade marcante. O que a experiência na cena lhe ensinou? Acha que ainda existem barreiras às mulheres na cena eletrônica? 

Existem com certeza. A cena eletrônica mundial é majoritariamente masculina e misógina. Existe muita invisibilidade do trabalho de mulheres, salários menores, menos reconhecimento, mas ainda assim, eu acredito que existem mudanças acontecendo desde o início da minha carreira com relação a isso. Devagar estamos conquistando mais igualdade, e acredito que o futuro da música para nós mulheres será muito menos árduo. Tudo que conquistei hoje foi um trabalho de muita mas muita resiliência e sei que hoje estou onde estou por conta da minha entrega que é sempre 100% em tudo que faço. Agradeço pela meus seguimores que sempre me motivam a ser melhor.

Valentina Luz e Carl Cox – Festa Retina 2023 Rio de Janeiro

4 – Ocupar espaços é algo muito representativo na atualidade, e você tem local de fala sendo uma mulher, preta que inspira tantas outras a conquistar seus anseios individuais através da pluralidade do Brasil. Como você se vê nesse local, e o que inspira a Valentina (em termos de pessoas, momentos ou sentidos) a ser LUZ por onde passa?

Acho que vem muito da minha história de vida e tudo que vivi antes da arte e música me salvarem. Não esqueço de onde vim, e isso é transparecido na minha maneira de ser e levar a vida.

5 – Você conheceu alguém (ou esteve no line up) com alguém especial durante esse ano, que tenha lhe marcado de uma forma especial?

Honey Dijon, Vintage Culture, Mochakk, Eli Iwasa, Badsista. Foram diversos artistas que eu admiro e que fiquei muito feliz de dividir o line.

Eli Iwasa e Valentina Luz em back to back no Tomorrowland Brasil 2023

6 – Finalmente, o clássico spoiler! Pode nos dizer o que está preparando para seus fans em 2024?

Se preparem porque 2024 vem muita novidade, muitas gigs pelo mundo, mas acho que o que eu posso dizer é pra esperarem novas músicas produzidas por mim e amigos queridos. Sim, vai ter EP da Valentina Luz em 2024. 


(Entrevista foi realizada antes da festa Club Renaissance em Salvador, por isso o evento não foi citado)